6 Passos para Começar um Blog de Sucesso em 2020

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Começar um blog é um compromisso que deve ser levado a sério. Mesmo que você esteja ansioso para começar um blog e ir escrever e publicar conteúdo, é necessário determinar o objetivo do seu blog.

Antes de decidir sobre o que escrever, você precisa descobrir “por quê?”
Por que esse conteúdo é importante? Por que as pessoas deveriam ouvi-lo?

Se você realmente quer que seu conteúdo se destaque, então você precisa determinar o “por quê” do seu blog.

Por fim, você deseja que isso se alinhe com a finalidade e a estratégia de inbound marketing da sua empresa.

Depois de entender o objetivo do seu blog e como você vai fazer a diferença na vida do seu público, você está pronto para dar o próximo passo na configuração do seu blog.

Se você já tem um blog, mas ele não está funcionando tão bem quanto você quer, o checklist abaixo pode ajudá-lo a auditar seu blog atual e propor uma nova abordagem.

Vamos revisar um checklist de como configurar seu blog:

Planilha de Ideias de Conteúdo

Organize melhor o conteúdo do seu blog com essa Planilha feita para que você crie uma Máquina de Ideias contínua para postar:

Planilha de ideias de conteudo

1. Escolha um estilo e tema ao começar um blog

O conteúdo do seu blog deve ser consistente, esteja você na primeira página ou na 100ª página do Google. A consistência proporcionará ao seu leitor uma melhor experiência do usuário. Pois será mais fácil para eles navegar nas diferentes postagens do seu blog.

Ao escolher um modelo para começar um blog, considere estas três coisas:

Primeiro, usar um modelo responsivo, o que significa que o design e o desenvolvimento devem responder ao comportamento e ao ambiente do usuário com base no tamanho, na plataforma e na orientação da tela.

Em segundo lugar, colocar botões de compartilhamento nas suas postagens, incluindo mídia social, e-mail e assim por diante. 94% das pessoas que compartilham postagens o fazem porque acham que pode ser útil para outras pessoas.

E, em terceiro lugar, oferecer um índice com links que levam a seções específicas em sua postagem. Isso aprimorará a experiência do leitor, pois permitirá que ele analise facilmente o conteúdo de sua página.

começar um blog em 2019

Depois de terminar de escolher seu modelo, escolha um tema para o seu blog. A maioria dos leitores não acessa seu blog por conta do design sofisticado – eles acessam seu blog por causa do conteúdo que você criou.

Portanto, não perca muito tempo com isso e escolha um estilo simples que ajude os leitores a se concentrarem no conteúdo, em vez de desviar o visual.

E falando em estilo, considere criar CTAs de imagem em uma ferramenta gratuita como o Canva (como essa que você vê na sua direita se estiver no desktop). E quando você escolher um design para CTAs de imagens, atenha-se a ele.

Novamente, a criação de consistência proporcionará ao seu leitor uma melhor experiência do usuário.

2. Prepare a home do seu blog

Sua home do blog é a visão resumida das suas postagens no blog.

Normalmente, a página inicial de um blog será a página de prévias dos posts para que, quando alguém visitar o blog, ele veja o título, o autor, a imagem e a visualização da postagem do blog, em vez da postagem completa listada (pense em quanto tempo levaria para percorrer a página inicial se não fosse uma prévia).

Ao preparar sua página de prévias, pense em como você deseja que ela apareça.

Considere:

  • Adicionar uma assinatura com CTA ao blog perto do topo da página ou na barra lateral.
  • O tamanho do texto de prévia. Eu recomendo até 100 palavras ou 1-2 parágrafos curtos.
  • Se você quer ou não um visual. Recomendo usar a imagem mais descritiva que aparece em destaque no topo, também conhecida como imagem em destaque.
  • E quaisquer outras coisas específicas que você ou sua equipe desejarem, como um recurso que explica quanto tempo o artigo deve levar para ler. Se a sua equipe tiver opiniões ou experiências fortes, eles querem experimentar, depois escute e considere colocá-los em prática.

3. Configure suas tags de categoria

Ao iniciar seu sistema de tags para suas postagens de blog, você está criando um precedente para as postagens do seu blog. Você não deve ter centenas de tags no seu blog, mesmo se você acha que tem centenas de tópicos para cobrir.

Ao começar um blog, escolha a menor quantidade de tags que você precisa para cobrir. Você sempre pode adicionar mais tags de blog no futuro. Mas não deve excluí-las, pois isso pode afetar o conteúdo do passado que você marcou.

Lembre-se de que seu blog deve oferecer suporte a tópicos para os quais você deseja que sua empresa crie autoridade e seja conhecido como um líder de pensamento.

Por exemplo, digamos que você seja uma agência de marketing. Então, ter tags gerais para tópicos como “geração de leads”, “promoção de leads”, “tecnologia de marketing” e “inbound marketing” seria ideal. Dessa forma, as pessoas podem encontrar e ler facilmente o conteúdo como parte dessa tag.

Dica PRO: tente manter as tags do seu blog com menos de 15. Essas tags devem ser mais do que suficientes para mantê-lo ocupado e concentrado quando começar.

4. Crie sua Bio de Autor

Se você está trabalhando com colegas de equipe em sua empresa ou trabalhando com blogueiros convidados, ter perfis de autor configurados é uma ótima maneira de atribuir suas postagens.

Além disso, ter bios de autor permite algum valor de SEO, oferecendo links para conteúdo educacional-chave em seu site.

Dica PRO: considere a possibilidade de dedicar uma página do site para cada bio de autor. Você pode até mostrar outros posts que o autor escreveu.

Seus perfis de autor do blog não devem ser longos. Em vez disso, ofereça algumas frases sobre o autor, um link útil e como encontrá-lo nas redes sociais.

5. Decida como você deseja gerenciar os comentários

Antes de publicar sua primeira postagem no blog, você precisa decidir como deseja gerenciar os comentários. Lembre-se, o blog é uma ótima maneira de envolver seu público.

Veja uma lista de práticas a serem consideradas:

  1. Permitir comentários em todas as postagens do blog.
  2. Isso permitirá que você deixe alguém comentar seu blog sem ser moderado primeiro e sem exigir um CAPTCHA. Os CAPTCHAs são usados ​​para identificar se um usuário é humano ou um bot e para evitar envios de spam. Observe que isso não significa que você não possa excluir comentários que sejam spam depois que forem postados.

Aprovar comentários antes de publicar em postagens do blog.

Essa configuração garante que o autor do blog leia e aprove os comentários antes de serem publicados publicamente na postagem do blog.

Ativar notificações de comentários.

Isso fará com que você não perca um comentário em seu blog. As notificações permitirão ao autor do blog saber quando alguém comentar sua postagem.

Definir um nível de comentários.

Se você tiver comentários encadeados disponíveis em seu blog, poderá responder diretamente e interagir com seus comentários individualmente.

Se você está procurando uma forma para começar um blog com comentários, recomendo implementar uma aprovação de todos os comentários do blog antes que eles sejam públicos.

Eu vejo alguns comentários interessantes no meu dia, e é melhor prevenir do que remediar. Além disso, recomendo receber notificações de comentários. Desta forma, você pode ter um tempo de resposta mais rápido, que seus leitores irão apreciar.

Aqui no Marfin BLOG nós utilizamos o Disqus para WordPress, que cumpre todos os requisitos que mencionamos acima.

Além de descobrir a logística dos comentários do seu blog, também é importante descobrir quem responderá a esses comentários e quando. Decida se faz mais sentido para o autor do blog responder ou outra pessoa designada (como o editor do blog ou o gerente da comunidade).

E considere a rapidez com que você deseja respostas aos seus comentários postados. Não há uma resposta certa ou errada para qualquer uma dessas opções. Mas é importante configurar seu plano antes que o conteúdo do seu blog seja público.

6. Configure um processo para as pessoas se inscreverem no seu blog

Este processo é duplo. Você vai precisar criar formulários para assinantes e criar e-mails de assinantes. Vamos começar criando um formulário de inscrito primeiro.

Os formulários de assinante permitem que seus leitores forneçam rapidamente seu endereço de e-mail para se inscrever em seu boletim informativo (newsletter) por e-mail.

Logo, se você vai começar um blog e não tem certeza sobre a frequência de e-mail do seu boletim informativo, considere oferecer um boletim informativo mensal para reunir seu conteúdo de blog para seu público-alvo.

Em seguida, crie e-mails que serão enviados aos inscritos assim que eles se inscreverem no seu blog. Há duas coisas a considerar aqui: um email de boas-vindas e emails recorrentes.

Como definir E-mail de Boas-vindas e recorrentes

Primeiro, envie um e-mail de boas-vindas automático para qualquer pessoa que assine seu blog. E certifique-se de que é de uma pessoa real; isso vai parecer mais humano.

Neste email, considere:

  • Agradecer pelo interesse.
  • Lembrar para o que eles se inscreveram.
  • Permitir que eles gerenciem sua assinatura. É obrigatório por lei permitir que os destinatários de e-mail cancelem facilmente seus e-mails de marketing.
  • Oferecer alguns links úteis para o seu conteúdo.

Em segundo lugar, crie um modelo de email de recorrência (broadcast). Aqui estão algumas coisas que você deve ter em mente ao criar este modelo:

  • Inclua o título da postagem do blog. Recomendo que o título seja um hiperlink usando o URL da postagem.
  • Não inclua toda a postagem do blog no e-mail, mas coloque um texto de visualização suficiente que estimule o leitor a ler o resto da postagem do blog.
  • Inclua uma imagem em destaque. Isso ajudará a tornar seu conteúdo mais atraente.
  • Use CTAs que motivam o leitor a clicar na postagem para ler mais. Isso poderia significar um título clicável ou um CTA dizendo para ler o artigo completo.
  • Permita que o destinatário gerencie sua assinatura.

E esses são os 6 itens do checklist a serem considerados antes de escrever e começar um blog.

Aproveite realmente o tempo com cada uma dessas recomendações. Pois isso tornará as coisas muito mais fáceis ao começar um blog. Além disso, vai transformar ele em uma fonte de informações útil para seu leitor.

E não esqueça de baixar sua Planilha de Ideias de Conteúdo gratuito para organizar melhor suas postagens de blog:

Planilha de ideias de conteudo

 


Alguns artigos que você também pode gostar:

Receba conteúdos, lançamentos e exclusividades da Marfin!

Ou compartilhe com um colega, familiar ou amigo agora mesmo: 

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Entre

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.

Salve R$500

Aprenda a desenvolver sites, páginas de vendas, landing pages e blogs com Elementor