Criação de calls-to-action: Dicas Básicas para não Errar

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Em suas ações para a criação de um marketing digital efetivo, você já deve ter se deparado com o termo call-to-action. Trata-se de uma chamada para ação, uma indicação do próximo passo a ser seguido em determinada situação. Aqui, vamos esclarecer a importância da criação de calls-to-action.

Eles estão diretamente ligados ao sucesso na hora de solicitar aquilo que é necessário para seu negócio.

Por exemplo, você pode desejar que seu cliente preencha um formulário, faça um download ou peça um orçamento. Quem sabe quer que ele faça um teste gratuito de software ou mesmo acesse um link.

O call-to-action serve como uma ponte para essas ações, levando-se sempre em conta as peculiaridades de cada negócio ou serviço oferecido.

E essa proposta de ação deve ser feita em uma única chamada eficaz. Trata-se de uma tradução de sua oferta ao cliente potencial.

Mas, afinal, qual é o papel do call-to-action no processo de conversão? Há alguma maneira mais acertada de definir tanto qual será o conteúdo quanto a posição dele? Seu formato importa? E no que ele interfere em termos de resultados?

Dicas para a criação de calls-to-action

Há no marketing um conceito chamado AIDA, que envolve:

  • Atenção;
  • Interesse;
  • Desejo e, por fim,
  • Ação do seu cliente.

Para verificar se sua estratégia está sendo eficaz, é possível realizar um teste simples de alguns segundos.

Se, ao final do período, uma pessoa que tenha tido contato com a página pela primeira vez não souber qual deveria ter sido seu próximo passo, significa que há uma falha no seu call-to-action.

Portanto, atente-se a alguns detalhes na hora de planejar a criação de seus calls-to-action.

Verifique o tamanho dele em relação aos demais elementos da página. Analise a posição em que ele aparece; pense na composição de cores da página e na cor do call-to-action.

Também considere as imagens utilizadas e o número de opções disponíveis. Ah, certifique-se da existência de outros elementos da página apontando para ele.

Falando do texto a ser utilizado, evite clichês como “fale conosco” ou “clique aqui”. Eles não expressam realmente o que está sendo ofertado.

Inserido num contexto, o elemento textual deve resumir a proposta de valor da oferta e dizer o que vai acontecer depois do clique. Isso em poucas palavras.

Comece com verbos (no imperativo ou no infinitivo) e seja específico. Desenvolva urgência na oferta, utilizando termos como “hoje” e “agora”.

Não se esqueça de enriquecer as informações com números atraentes, que ofereçam benefícios ao cliente.

Formatos na criação de calls-to-action e como eles podem ser melhor notados

Seus calls-to-action podem ser apresentados de inúmeras maneiras. Seja na forma de botão, de banner ou mesmo de link inserido em um texto.

Há sempre uma alternativa que se encaixará melhor nas suas necessidades. Por exemplo, os botões ajudam a facilitar a ação relativa a uma decisão que já foi tomada naquele momento.

Os banners proporcionam mais contexto ao que está sendo oferecido. Já os links não se limitam ao uso interno, podendo ser incorporados a e-mails com tom mais pessoal, textos em e-books e vídeos.

Para tornar as chamadas de ação mais atraentes, leve em consideração o uso de cores contrastantes, a escolha de uma boa posição, inserção de imagens, indicação com setas e, claro, o tamanho.

Por fim, se quiser analisar os resultados obtidos pela ação, através de parâmetros de rastreamento do URL Builder, faça uma média de visitantes da página em que está o call-to-action e quantos deles foram atraídos por ele.

Finalizando, o objetivo do serviço é chamar o visitante para a ação desejada, que deverá ser determinada de acordo com a necessidade do cliente.


Entretanto, se você achou que são informações demais e acha que não vai dar conta, conte com o time da Marfin LAB para otimizar os resultados que você tanto espera para seu negócio.

criação de calls-to-action

Receba conteúdos, lançamentos e exclusividades da Marfin!

Ou compartilhe com um colega, familiar ou amigo agora mesmo: 

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Entre

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.

Salve R$500

Aprenda a desenvolver sites, páginas de vendas, landing pages e blogs com Elementor