Curadoria de Conteúdo: Como Crescer seu Negócio com Ele?

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Curadoria de Conteúdo é o ato de filtrar conteúdos de diversas fontes e entregar algo novo, mais “mastigado” para uma audiência específica. Com a curadoria, você atua como um sommelier de conteúdos e ajuda sua audiência a ganhar tempo ao invés de elas procurarem informação em diversas fontes.

De todos os chapéus que os empreendedores usam – desde criar de produtos até o suporte a clientes -, o “chapéu de marketing de conteúdo” é aquele que geralmente fica na estante.

O marketing de conteúdo pode ser intimidador para muitos proprietários de empresas. Especialmente quando você considera estratégias alternativas de marketing que exigem menos tempo e comprometimento.

Mas, é mais do que apenas uma maneira de direcionar tráfego para seu site: 70% dos consumidores dizem que o marketing de conteúdo faz com que eles se sintam mais próximos de uma marca.

Então, como você pode alcançar esses tipos de resultados para o seu próprio negócio? Uma resposta, e provavelmente a melhor, é a curadoria de conteúdo.

Curadoria de Conteúdo: A Forma Mais Acessível de Marketing de Conteúdo

A curadoria de conteúdo é o processo de coletar ativamente e compartilhar estrategicamente conteúdo de terceiros para desenvolver sua marca. Além disso, simultaneamente, direcionar tráfego qualificado para seu site ou produtos.

Os benefícios da curadoria de conteúdo incluem:

  • Preencher suas mídias sociais e e-mail marketing: você pode agregar valor além dos produtos que está vendendo.
  • Definir sua marca: você é o que você compartilha.
  • Crescer sua lista de e-mail: se você oferecer valor, as pessoas optarão por entra na sua lista.
  • Trabalhar em rede com outras pessoas em seu nicho: estabeleça conexões não apenas com seu próprio público, mas também com outros criadores de conteúdo e seus públicos-alvo.

Porém, se você não tem tempo para criar conteúdo original ou ainda é cético quanto ao tipo de resultados que pode obter do marketing de conteúdo, a curadoria de conteúdo é um bom ponto de partida quando você não tem recursos para criar seu próprio conteúdo.

O único custo real geralmente é o tempo, que você pode reduzir significativamente se tiver o processo correto em vigor.

Como estabelecer um processo de curadoria de conteúdo

A curadoria de conteúdo deve ser um esforço contínuo. Caso contrário, ela se transformará em uma luta para encontrar coisas para compartilhar e não vai fornecer uma experiência de qualidade para seu público.

Depois de criar uma linha sobre as preferências de conteúdo do seu cliente, você deve desenvolver um processo simplificado para encontrar o tipo de conteúdo em que ele está interessado.

Recomendo usar um serviço gratuito como o Pocket para consumir, coletar e organizar regularmente conteúdo relacionado ao seu público.

Quando se trata de curadoria, as extensões do Chrome são seus melhores amigos. Afinal permitem que você salve o conteúdo para mais tarde, sem precisar alternar entre as guias do seu navegador.

Lembre-se: você está procurando conteúdo irresistível para compartilhar. Por isso mantenha um alto padrão em termos de qualidade e tenha em mente como você pode usar esse conteúdo.

Depois de entrar no ritmo de coletar conteúdo, o verdadeiro desafio é encontrar maneiras atraentes e significativas de empacotá-lo para seu público.

Aqui estão algumas opções.

Abasteça o seu blog com a curadoria de conteúdo

A maior parte do conteúdo que você lê online é, provavelmente, de curadoria. Não queira mais provas do que o último artigo do Buzzfeed que você leu.

O conteúdo com curadoria pode ter várias formas:

  • Uma resposta a um evento atual, vídeo ou tópico de tendências.
  • Uma lista de receitas, recomendações de filmes ou dicas úteis.
  • Uma lista composta por GIFs engraçados.
  • Uma coleção de estatísticas alucinantes, fatos ou citações inspiradoras.
  • A lista continua…

O importante é que você desenvolva um tema atraente que pode se transformar em um ótimo título. Quanto mais específico, melhor.

Lembre-se de que você ainda precisa distribuir esse conteúdo para atrair tráfego, além de apresentar uma frase de chamariz relevante e atraente (talvez considere incorporar um botão de compra ou mencionar uma venda no final) para capturar leads de qualquer tráfego que você possa ganhar com esse conteúdo.

Quando se trata de marketing de conteúdo, considere sempre o que você está fazendo para construir sua marca ou aproximar seus visitantes da compra.

O conteúdo com imagens e elementos visuais obtém 94% mais visualizações do que o conteúdo com conteúdo de texto.

Portanto, incorporar conteúdo visual ou interativo em suas próprias postagens é uma boa maneira de impulsionar as postagens do seu blog.

A maioria das plataformas, como YouTube, Vine, SlideShare e Instagram, tem uma opção “incorporar” que gera um snippet de código que você pode simplesmente copiar e colar em sua postagem.

Veja uma publicação incorporada do nosso Instagram, por exemplo:

O conteúdo com imagens e elementos visuais obtém 94% mais visualizações do que o conteúdo com conteúdo de texto. Click To Tweet

E Como Fazer Curadoria de forma Ética?

No entanto, tenha cuidado, já que há uma linha tênue que você pode cruzar. Aqui estão algumas práticas recomendadas para fazer curadoria de conteúdo eticamente usando essa abordagem:

  • Em caso de dúvida, peça permissão em vez de perdão. Especialmente para infográficos, gráficos e imagens originais.
  • Adicione algum valor, um resumo ou sua própria opinião ao conteúdo que você selecionou. Caso contrário, sua marca será mal vista.
  • Varie suas fontes para que você não esteja sempre usando o conteúdo do mesmo autor. (Isso pode parecer irrefletido e pode incomodar o criador e aborrecer seu público-alvo).
  • Se o criador original pedir que você tire alguma coisa, por qualquer motivo, faça.
  • Mais importante: dê crédito onde é necessário vincular-se à fonte e mencionar o criador original de maneira proeminente.

Entretanto, a curadoria de conteúdo dá à sua marca uma presença e um público on-line, oferecendo a exposição original do criador.

Talvez eles compartilhem seu conteúdo para apresentá-los, permitindo que você aproveite o público deles também.

Envie uma newsletter

Semelhante ao resumo de postagens do blog, você pode criar uma newsletter semanal bem elaborada que ofereça conteúdo que seu público possa ter interesse em ler.

A beleza dessa abordagem é que você cria uma lista de inscritos em um canal que é um dos melhores para incentivar visitas repetidas ao seu site. Estou falando do e-mail.

O formato “resumido” dessas newsletters dá aos leitores acesso fácil aos melhores conteúdos ou ofertas em seu nicho.

Além disso, você pode aproveitar a oportunidade para incentivar opt-ins com uma assinatura gratuita da sua newsletter. Juntamente com a promessa de manter atualizado promoções, descontos e notícias.

Adicione um call-to-action aos links que você compartilha nas redes sociais

A essa altura, você pode estar pensando que a curadoria de conteúdo faz parecer que você está apenas enviando seu tráfego suado para fora do seu próprio site.

E, embora você possa incluir links para seus perfis de mídia social, destacar produtos relevantes, incentivar inscrições para criar sua lista de e-mails e direcionar o tráfego para sua loja, você também pode dar um passo adiante.

Então, se você deseja obter melhores resultados de curadoria de conteúdo, pode usar uma ferramenta como o Snip.ly para adicionar uma frase de chamariz  aos links compartilhados.

No próprio site ele gera uma demo para que você possa ver como funciona. Veja a que eu consegui:

 

 

 

Com o Snip.ly, você pode criar links encurtados chamados “snips” que dão a você uma presença sempre que você os compartilha através de uma sobreposição com um apelo à ação com links para onde você quer direcionar os leitores. Seja sua loja, uma landing page ou em outro lugar.

Contudo, quanto mais você puder adequar sua frase de chamariz ao contexto do artigo, maior será a probabilidade de que ele seja clicado.

Você não precisa ser um produtor para se beneficiar do conteúdo

Por fim, com um processo e um plano em vigor, você pode fazer com que essa abordagem ao marketing funcione a seu favor. Atraindo e mantendo um público fiel.

É especialmente eficaz se você está tentando criar uma marca de estilo de vida poderosa em torno de seu negócio.

O marketing de conteúdo – seja para curadoria ou criação – tem tudo a ver com gerar valor. Geralmente por meio de ensino ou entretenimento, a fim de atrair clientes em potencial e conquistar sua confiança.

E essa confiança – mostrar aos clientes que você realmente “os recebe” – significa que você não está apenas vendendo um produto, mas oferecendo algo a mais.


Alguns artigos que você também pode gostar:

Receba conteúdos, lançamentos e exclusividades da Marfin!

Ou compartilhe com um colega, familiar ou amigo agora mesmo: 

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Entre

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.

Faça seu cadastro gratuito

Qual dessas opções define melhor seu perfil?