GDPR: O que é e o que muda para você?

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

GDPR – todo mundo está falando sobre isso. Mas o que isso significa?

Vamos começar com o básico.

General
Data
Protection
Regulation

A parte técnica

O GDPR foi finalmente aprovado para substituir a Diretiva de Proteção de Dados 95/46/CE, após quatro anos de preparação.

A diretiva foi criada em 1995 e o mundo como o conhecemos mudou drasticamente desde então.

O GDPR foi definido para continuar a proteger a privacidade dos cidadãos da Europa, diminuindo a quantidade de violações de segurança de dados.

O Regulamento Geral de Proteção de Dados da UE (GDPR) é a mudança mais importante na regulamentação de privacidade de dados em 20 anos. – EUGDPR.org

Por que o GDPR é importante para você?

Simplificando, multas pesadas estão em vigor para aqueles que não estão em conformidade com o regulamento.

O GDPR entrará em vigor em 25 de maio deste ano. Esta atualização regulatória visa melhorar a proteção pessoal dos cidadãos online. E isso afeta também a forma como podemos comercializá-los. Há obrigações cada vez mais rígidas ao coletar informações e entrar em contato com visitantes online.

Quem é afetado?

Sendo um regulamento europeu, o GDPR afetará diretamente todas as entidades de negócios na Europa. Mas isso não significa que aqui no Brasil, nós estamos bem. As empresas não europeias que comercializam ou monitorizam o comportamento dos usuários na Europa também são afetadas por este regulamento.

Mas, se o seu site e/ou conteúdo de marketing digital chegar à Europa, você deverá seguir as regras. E como vivemos num mundo globalizado, é muito provável que você chegue lá.

Aqui na Marfin Co., temos muitos usuários de Portugal que baixam nossos conteúdos, por exemplo.

O GDPR é dividido em algumas categorias diferentes:

Consentimento

Um visitante online deve ter uma escolha clara para aceitar sua coleta de dados e estar ciente de exatamente para o que está optando.

Ao criar a propriedade para o seu formulário online, seja específico nas preferências de assinatura disponíveis e inclua qualquer Política de Privacidade e Informações de Isenção de Responsabilidade.

O usuário também deve explicitamente marcar a caixa para dar o consentimento (ou seja, o preenchimento automático não é suficiente).

Portanto, com esse consentimento, o usuário concorda em ser contatado no futuro para as instâncias específicas descritas e acordadas (ex: emails de marketing, chamadas de vendas, atualizações de assinaturas de blog).

Se você deseja entrar em contato com clientes existentes, você está na zona segura. Você pode enviar métricas de desempenho e/ou faturas para seus clientes, juntamente com informações úteis e realmente úteis para melhorar seu relacionamento com o cliente.

Nota: O OPT-OUT deve ser fácil em todas as comunicações. Cada email enviado terá que incluir links de cancelamento de assinatura e retirar o consentimento das preferências de assinatura anteriores.

Cookies

Seu site deve avisar que os cookies estão sendo usados ​​para rastrear e monitorar o comportamento e armazenar dados. (Você provavelmente já viu isso no passado. Mas isso se tornará cada vez mais aparente).

Os cookies sempre foram uma benção para os profissionais de marketing, porque somos capazes de armazenar dados sobre usuários novos e que estão retornando. E assim obter uma visão imensa sobre quem eles são e como estão interagindo com o nosso site.

Acesso a informação

Aquisição:

Os usuários têm o direito de solicitar acesso às informações que você já armazenou sobre eles. Nesse caso, você deve fornecer ao solicitante uma cópia dos dados.

Exclusão:

Esta é uma novidade para a maioria de nós. Os usuários podem solicitar a exclusão de todos os dados que você adquiriu e armazenou sobre eles.

Portanto, ao receber essa solicitação, você deve responder ao usuário individual dentro de 30 dias e remover permanentemente seus registros de contato e comunicação.

Modificação:

Os usuários também podem solicitar a modificação de dados incorretos ou incompletos que foram adquiridos sobre eles.

Por fim, este é um breve resumo do GDPR. Mas lembre-se, você terá que certificar-se de estar em conformidade total antes de 25 de maio.

E se você é um usuário do RD Station, dê uma olhada na página de ajuda do GDPR para ver como você pode fazer essas mudanças dentro do seu portal. Caso contrário, o EUGDPR elaborou também uma lista de recursos.

Nota/Isenção de responsabilidade: este blog destina-se a fornecer uma visão geral ampla do GDPR apenas para fins informativos. Não constitui aconselhamento jurídico sobre a conformidade com o GDPR e não deve ser interpretado como tal. Se você precisar de aconselhamento jurídico sobre a conformidade com o GDPR, recomendamos que você fale com um advogado.


Alguns artigos que você também pode gostar:

Receba conteúdos, lançamentos e exclusividades da Marfin!

Ou compartilhe com um colega, familiar ou amigo agora mesmo: 

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Entre

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.

Pensado

pra você

Em menos de 2 minutos você cria sua conta grátis, tem acesso às trilhas e gerencia demandas de marketing sem burocracia