Guia completo de Gestão de Redes sociais em 2021

Em 2021, a internet se tornou uma parte essencial da sociedade. Ela não é mais apenas um meio de comunicação ou entretenimento; é a principal maneira pela qual as pessoas interagem umas com as outras e recebem suas notícias. Esta mudança criou novas oportunidades para que as empresas se envolvam com os clientes online. E consequentemente mudou o cenário de quem trabalha com gestão de redes sociais também.

Em função desse cenário, é natural que os profissionais de marketing estejam buscando se aprimorar cada vez mais na gestão de redes sociais. Por isso, fizemos esse artigo que busca te explicar, de forma prática, como se posicionar nas redes sociais em 2021.

Antes de qualquer coisa, vamos do princípio.

O que é Gestão de Redes sociais?

A gestão de redes sociais nada mais é do que a estratégia que norteia a produção de conteúdo e campanhas de marketing feitas por uma marca nas redes.

Neste sentido, o gerenciamento das mídias sociais também é uma série de técnicas que podem ser usadas para gerenciar as relações entre marcas e consumidores. Para isso, é preciso compreender melhor o “todo” por trás dos conteúdos produzidos por uma marca para as redes sociais. 

O Ciclo das Redes Sociais

Toda estratégia de mídia social de sucesso precisa levar em conta os 4 grandes fundamentos para funcionar. Aqui estão eles:

  1. Monitoramento Social: tem a ver com a forma como você acompanha suas redes sociais. Não apenas resultados, mas conversas e como elas estão sendo geradas.
  2. Escuta Social: é o processo de como você interage e ouve sua audiência. SAC, mensagens de resposta, tempo de resposta são algumas das atribuições aqui.
  3. Influência Social: é como você influencia a sua audiência. Ao monitorar onde e como as conversas são geradas e ouvindo a forma e linguagem da sua audiência, você pode influenciá-la.
  4. Venda social: Ao influencia a sua audiência e gerar conversas, você pode conquistar novos clientes dispostos a criar um relacionamento duradouro com sua marca.

Depois disso, você precisa encontrar formas de monitorar o comportamento dessa audiência e o ciclo se repete.

Dito isso, veja como fazer um planejamento com base nos fundamentos citados acima. 

Como fazer um planejamento para gestão de redes sociais?

Listamos alguns pontos fundamentais para serem executados em sequência quando você iniciar seu planejamento de gestão de mídias sociais. Olha só:

#1 Defina os objetivos

Parece óbvio, mas muitas vezes é uma etapa negligenciada nas empresas. Pergunte-se o que você realmente espera ao entrar naquela rede social. E também, quais são as métricas que você deseja para avaliar seus esforços?

#2 Analise a concorrência

Existem algumas formas de analisar sua concorrência quando for fazer a gestão de redes sociais da sua empresa. Veja:

  • Análise por Tipo de conteúdo: seu concorrente posta mais vídeo ou foto? São peças focadas em design ou em texto?
  • Consistência e frequência: seu concorrente posta de forma consistente? Com qual frequência? Semanal, diária ou várias vezes ao dia?
  • Legendas: como são as legendas dos conteúdos dos concorrentes?
  • Engajamentos: os seguidores comentam nas publicações? Quais as reações mais comuns? 
  • Hashtags usadas: quantas e quais hashtags seus concorrentes usam?
  • Conversações: os conteúdos dos concorrentes geram conversas na comunidade? Como isso acontece? A empresa interage e participa dessas conversas?

Lembre-se, você deve evitar olhar demais para os lados se quiser vencer. O foco precisa estar em você e no que você faz.

Mas…uma olhadinha no concorrente não faz mal pra ninguém.

#3 Escolha as plataformas certas

Você não precisa (e nem deve) estar em absolutamente todas as redes sociais. É essencial escolher redes específicas conforme seu segmento de mercado e audiência e focar nelas. Se você atirar para todos os lados, só terá uma má performance em todos os canais!

#4 Crie o conteúdo certo para os canais escolhidos

Precisamos normalizar o fato de que nem todo mundo precisa ficar produzindo infinitos Stories de vídeo mostrando o rosto, como muitos gurus por aí afirmam. É preciso escolher (através de dados) o conteúdo ideal para os seus canais e produzi-los sempre.

Você pode testar diferentes formatos de conteúdo e monitorar a performance por 3 meses e depois disso terá dados para escolher o formato que melhor performa e focar nele.

#5 Desenvolva o Calendário Editorial

Digite “sheets.new” na barra de busca do seu navegador e abra uma nova Planilha no Google Sheets. Em seguida, faça uma tabela com os dias da semana e defina categorias.

Veja algumas ideias de categorias que você pode utilizar:

  • Motivacional: adoramos histórias de superação. Conte a sua história para inspirar as pessoas ou a história da sua marca;
  • Listas: seres humanos adoram listas! Divida um conhecimento em forma de listas e veja seu compartilhamento subir muito!;
  • Dicas: Você é o melhor no que faz em alguma coisa! Compartilhe suas dicas sobre seu nicho e veja as pessoas salvando seu conteúdo para depois;
  • Curiosidades: Conte algo que ninguém sabe ainda ou traga uma novidade do seu mercado;
  • Memes: Eles são tiro e queda. Compartilhe memes relacionados ao seu mercado e veja o engajamento decolar;
  • How to ou Passo-a-passo: Crie um tutorial de algo que você domina e transforme em um processo claro. Misture com as Listas;
  • Estilo de vida: Mostre um pouco de como é sua vida. As pessoas adoram saber que você é de verdade!

Depois, insira o tipo de conteúdo em cada célula. Isto é, escreva em cada dia da semana criando uma matriz com a categoria, inserindo o formato do conteúdo.

E pronto! Agora é só botar finalizar a próxima etapa que falaremos a seguir e começar a criar seus conteúdos. 

#6 Pesquisa de Hashtags

Faça uma pesquisa de hashtags do seu segmento de mercado e garanta que seus conteúdos explorem diferentes grupos de hashtags, sem repetir as mesmas na mesma sequência sempre, porque isso pode afetar sua performance negativamente.

Liste as hashtags pesquisadas assim como se lista uma pesquisa de palavras chave e você terá um ótimo norte para o uso de hashtags, que é uma ótima forma de atrair novos usuários organicamente.

#7 Medir, Relatar e Otimizar

Pode ser através de planilhas, CRM ou ferramenta de gestão de redes sociais, a ferramenta não importa! O importante é ter a rotina de medir, relatar e otimizar suas produções. Isso é gestão de redes sociais na prática. 

Crie o hábito de fazer monitoramentos semanais, quinzenais ou mensais. Depois de medir e relatar, crie um plano de ação para implementar melhorias nos próximos conteúdos produzidos. 

Quais os melhores horários para publicar nas redes sociais?

Você sabe o melhor horário para postar nas redes sociais?

Pois é, não tem.

O melhor horário é quando a SUA audiência está online. Ou seja, não existe uma fórmula.

Evidentemente, como os hábitos da audiência das plataformas possuem bastante em comum, é possível que a grande maioria tenha horários muito parecidos. 

Por exemplo: a maioria das pessoas trabalha em horário comercial e fica livre depois das 18h, momento em que existe maior tráfego nas redes sociais.

Mas isso está longe de ser regra.

Use os analíticos da plataforma em que você publica para conhecer melhor e adaptar seu calendário aos seus dados, que são únicos. Fechou?

5 Ferramentas de gestão de redes sociais

Agora que falamos sobre toda a parte prática da gestão de redes sociais, vamos finalizar indicando ferramentas apropriadas para otimizar a forma como é feito o gerenciamento de mídias sociais na empresa em que você atua.

#1 mLabs

O mLabs tem planos mensais a partir de R$12,90, além de oferecer um período gratuito de trial para que você conheça a plataforma. 

A ferramenta oferece recursos de geração de relatórios, agendamento de postagens, cadastro de grupos de hashtags e muito mais. É bem completa e funciona muito bem para diferentes tamanhos de negócios. 

#2 Etus

O Etus oferece planos a partir de R$ 7,80 e também conta com recursos como a geração de relatórios, agendamentos e cadastro de hashtags. É uma plataforma intuitiva como o mLabs e também funciona bem para diferentes tamanhos de negócios. O Etus também tem período de teste grátis.

#3 Reportei

O Reportei é focado na emissão de relatórios analíticos para redes sociais, que podem ser feitos em formato de pdf ou link compartilhável. A plataforma tem planos a partir de R$ 49,90.

#4 Sprout Social 

O Sprout Social é uma ferramenta super completa para a gestão de redes sociais. Seu único “problema” é que os planos são em dólar, então pode pesar no orçamento. Consulte o link para ver a lista enorme de recursos oferecidos. 

#5 BuzzSumo

O BuzzSumo não ajuda somente na análise e gerenciamento das mídias sociais , mas também ajuda na produção dos conteúdos visto que é uma ferramenta que nos mostra tendências de mercado. 

Você pode usar a versão “Freemium” do BuzzSumo caso não caiba no orçamento. Assim como o Sprout Social, o BuzzSumo também é pago em dólar.

Para complementar sua leitura sobre como fazer gestão de redes sociais em 2021, baixe nosso Whitepaper gratuito! 

Alguns outros conteúdos que você também pode gostar:

Compartilhe:

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

On Demand

Carta de Vendas
R$997,00
Entrega em até 8 dias*
Página de Vendas
R$1.297,00
Entrega em até 16 dias*

Entrar

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.

Registre-se

Criar uma conta é simples. Primeiro: qual dessas opções define melhor seu perfil?

Se você já possui uma conta clique aqui para fazer login de empresa e agência; ou se você é um profissional digital clique aqui.