Redes Sociais: O que são e Estratégias para usar em 2020

redes sociais
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Redes sociais são agrupamento de pessoas, principalmente em mídias sociais que consistem em reunir comunidades online com diversos objetivos. As mais conhecidas são Facebook, Instagram, Youtube, Tiktok e Linkedin. São uma ótima estratégia de marketing digital para empresas.

Antes de mais nada, é importante saber a diferença entre uma rede social e uma mídia social. Portanto, se engana quem pensa que elas são a mesma coisa.

Mas, antes de aprofundar no assunto e aprendermos tudo sobre redes sociais e como você pode utilizá-las para atingir seus resultados de negócio, precisamos dar alguns avisos importantes:

  • Esse é um conteúdo denso e que vai sempre ser atualizado com coisas novas;
  • Logo, salve esse link nos seus favoritos e cheque de vez em quando;
  • Além disso, assine nossa newsletter em algum campo nessa página para ser avisado quando atualizarmos esse conteúdo;
  • Dica de Ouro: à medida que for aprendendo, compartilhe esse conteúdo com alguém que não sabe nada sobre Redes Sociais e tente explicar o que está aprendendo. Isso ajuda na fixação.
  • Não esqueça de deixar seu comentário caso surja alguma dúvida;
  • Deixe seu comentário também se estiver gostando do conteúdo.

 

Agora, vamos em frente.

O que são Redes Sociais?

As redes sociais são agrupamentos de pessoas, principalmente em mídias sociais que tem o objetivo de reunir comunidades online.

Por sua vez, essas comunidades possuem diversos objetivos como relacionamento,  entretenimento ou contato profissional, por exemplo.

Logo, não necessariamente uma rede social precisa estar conectada em uma mídia social. Afinal, o conceito de comunidade existe desde que humanos passaram a andar em grupos.

Talvez, uma maneira melhor de pensar em rede social seja pensar em “teia social”.

De certa maneira, estamos todos conectados em uma grande rede social no mundo todo.

Você já ouviu falar que você está a 6 pessoas de distância de qualquer pessoa?

Por exemplo, eu conheço uma pessoa que conheceu pessoalmente o Donald Trump.

Portanto, posso dizer que estou a 1 pessoa do Trump.

Esse conceito veio de um experimento social realizado pelo conhecido cientista Milgram. Ele fez com que uma pessoa enviasse uma carta para alguém qualquer e pedindo para que enviasse outra carta para uma pessoa-alvo.

Se a conhecesse, ele poderia enviar a carta para ela. Se não, poderia enviar para qualquer pessoa.

Assim surgiu a Teoria dos seis graus de separação.

Milgram ficou mais conhecido pela Experiência de Milgram, sobre obediência à autoridades.

Mas, a teoria dos seis graus de separação explica porque as redes sociais sempre existiram.

O que mudou foram as alavancagens que elas sofreram devido as mídias sociais.

E o que são mídias sociais?

As mídias sociais são plataformas de compartilhamento de conteúdo.

Portanto, podemos dizer que um blog ou o Vimeo são mídias sociais.

Isso significa que uma mídia social pode existir sem conectar as pessoas, que é o objetivo da Rede Social.

Enquanto uma Rede Social tem o objetivo de conectar as pessoas, a Mídia Social tem o objetivo de compartilhar o conteúdo entre elas.

A combinação entre elas é o que pode confundir um pouco.

Por exemplo, o Facebook é uma mídia social que contém um rede social dentro dela.

Já esse blog que você está lendo aqui na Marfin é uma mídia social, mas não possui uma rede social.

Certo?

As Redes Sociais Mais Usadas e Como Aproveitar para seu Marketing

Como o nosso blog tem o principal objetivo de te ajudar a crescer no digital, nosso foco aqui é falar sobre como usar as mídias sociais e suas redes sociais para trazer resultado para seu negócio.

Portanto, vamos focar nosso conteúdo em como construir estratégias matadoras.

As redes sociais mais usadas por número de usuários são:

 

Statistic: Most popular social networks worldwide as of April 2020, ranked by number of active users (in millions) | Statista

Posso apostar que muitas dessas redes sociais você nem conhece. Isso mostra a dinâmica que essas plataformas sofrem.

Contudo, você também deve ter percebido como o império Facebook segura as primeiras posições.

Conhecer esses dados são muito importantes para definir seu Plano de Marketing nas Redes Sociais.

Dessa forma, vamos conhecer um pouco melhor cada uma delas.

Facebook

Número de usuários: quase 2,5 Bilhões

Ano de criação: 2004

Fundadores: Mark Zuckerberg, Eduardo Saverin, Dustin Moskovitz e Chris Hughes.

Redes sociais - Facebook timeline - Marfin

O Facebook é a rede social mais famosa do mundo. Afinal, tem quase 1/3 de toda população ligada nela.

Uma rede social cheia de controversas e que vem gerado desconfiança de seus usuários e, principalmente, de seus anunciantes.

93% da receita do Facebook vem de anúncios. Porém, com as constantes e confusas mudanças no algoritmo da plataforma, muitos tem deixado de usar o Facebook como forma de anunciar.

Contudo, a má fama não impede de mais e mais pessoas se cadastrarem. Isso leva a uma agregação de audiência única e torna o Facebook uma das principais opções se seu objetivo é gerar demanda.

Para tráfego orgânico, a rede social vem desencorajando os proprietários das páginas. Afinal, o alcance orgânico de postagens não chega a 2% para a grande maioria dos usuários.

Porém, se pensada de forma inteligente, as estratégias de marketing podem usar essas mudanças a seu favor.

Youtube

Número de usuários: 2 bilhões

Ano de criação: 2005

Fundadores: Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim.

Youtube Home - Marfin - Redes sociais

O Youtube é o segundo motor de busca mais usado no mundo, depois do Google. Lançado em 2005, foi comprado logo em 2006 por “apenas” US$ 1,65 Bilhões.

Os fundadores trabalhavam no Paypal antes de abrirem a startup. E também curioso, é que Steve Chen também chegou a trabalhar no Facebook antes de fundar o Youtube.

Os usuários assistem cerca de 1 bilhão de horas de vídeo todos os dias no Youtube. Sem dúvida, um fenômeno das redes sociais que não pode faltar na sua estratégia de marketing digital.

O Youtube é ideal para ser utilizado em Marketing de Conteúdo, como fonte de nutrição dos seus leads e até mesmo atração.

Whatsapp

Número de usuários: 2 bilhões

Ano de criação: 2009

Fundadores: Brian Acton e Jan Koum

whatsapp desktop - redes sociais - marfin

O Whatsapp é o aplicativo de mensagens mais utilizado no mundo. Antes de mais nada, vale lembrar que o Whatsapp é uma das plataformas que ainda está engatinhando nas formas de monetizar e portanto, na forma de fazer marketing dentro dele.

Afinal, ele foi criado com outro objetivo. Quando o Facebook comprou o Whatsapp por US$ 16 Bilhões de dólares, havia uma cláusula impedindo de Zuckerberg monetizar o Whatsapp com anúncios.

Contudo, com a saída dos fundadores, isso tem mudado e o Facebook Inc. (holding de empresas do Facebook) vem se movimentando para possibilitar anúncios por lá.

Por enquanto, o Whatsapp é uma rede social que pode ser muito bem aproveitado para aproximar seu cliente, e auxiliar na nutrição, além de suporte.

Facebook Messenger

Número de usuários: 1,3 bilhão

Ano de criação: 2011

Fundador: Facebook Inc.

O Facebook Messenger, antigo Facebook Chat, se tornou uma rede social por si só depois que foi separada do Facebook.

Mark Zuckerberg explicou o motivo de separar os dois em 2014:

“O principal propósito do app do Facebook é o feed de notícias. Trocar mensagens foi um comportamento que ficou cada vez mais popular. 10 bilhões de mensagens são enviadas por dia, mas em ordem de acessá-las, você tinha que esperar o aplicativo carregar e ir para uma aba separada. Nós vimos que os principais aplicativos de mensagens usados pelas pessoas eram exclusivamente para mensagens”, disse o executivo.

Portanto, usar o Messenger pode ser uma excelente tática para sua estratégia de marketing digital.

Hoje, com a liberação da funcionalidade de chatbot, você pode criar automações com o Messenger para interagir e vender direto por ele.

Uma das principais ferramentas para chatbots no Messenger é o Manychat.

Mesmo possuindo uma opção nativa para construir bots, o Messenger ainda é limitado em funcionalidades e possibilidades. Por isso, ferramentas como o Manychat podem ampliar seu resultado.

Com mais de 1 bilhão de usuários ativos, você pode criar anúncios diretamente para a o aplicativo através do Facebook Ads.

Ou seja, é sem dúvida uma importante rede social para levar em consideração no seu plano de marketing.

WeChat

Número de usuários: 1,165 Bilhão

Ano de fundação: 2011

Fundadores: Allen Zhang  (Tencent)

O super-app da Tencent, foi lançado sob o nome de Weixin. Mas, em 2012 ao atingir mais de 100 milhões de usuários já no primeiro ano e com potencial global, se transformou em WeChat.

O WeChat é mais do que um mensageiro. Além de mensagens instantâneas como o Whatsapp e Messenger, ele possui a rede social dentro do próprio app e um sistema de pagamento, chamado WeChat Pay.

É o app mais usado na China e muitas vezes ignorado por nós aqui do Ocidente.

Contudo, se você deseja atingir o mercado asiático, deve considerar o WeChat em sua estratégia de marketing digital.

Instagram

Número de usuários: 1 bilhão ativos mensalmente

Ano de fundação: 2010

Fundadores: Kevin Systrom e Mike Krieger

O Instagram é talvez, junto do Tiktok, uma das redes sociais mais badaladas do mundo. Vem crescendo exponencialmente seus usuários e é a mais preferida dentre os brasileiros.

Portanto, nenhuma estratégia de marketing digital pode deixar de lado o app das fotos.

Além disso, o Instagram Stories possui mais de 600 milhões de pessoas ativas todos os dias.

Com esses números, o Instagram é uma rede social que possui muito potencial para quem deseja trabalhar com marketing digital.

Porém, ao mesmo tempo que é atrativo, fica cada vez mais concorrido ganhar presença por lá.

O Instagram também foi o propulsor para o que chamamos de Marketing de Influência. Através de influenciadores ou KOL (Key Opinion Leaders), muitas marcas tem alcançado um público segmentado sem precisar investir em tráfego pago.

Dessa forma, o Instagram se torna uma alternativa ampla para qualquer estrategista de redes sociais.

Tiktok

Número de usuários: 1.5 bilhões

Ano de fundação: 2016

Fundadores: ByteDance

O famoso aplicativo dos vídeos engraçados é a sensação entre as redes sociais.

O conceito de vídeos curtos editados não é novidade. Afinal, um tempo atrás o Vine era o aplicativo que possuía ainda as mesmas funcionalidades do Tiktok.

O sucesso do Tiktok se deve muito ao seu investimento em marketing no lançamento. O aplicativo foi construído em 200 dias e atingiu mais de 500 milhões de usuários em menos de 1 ano.

Além disso, a ByteDance, proprietária do aplicativo, comprou a Musical.ly, que já fazia sucesso no Ocidente e migrou todos os usuários para o Tiktok.

Com isso, o Tiktok foi o aplicativo mais baixado em 2020 até o momento, sendo um sucesso com a geração Z.

O segredo para fazer marketing no Tiktok é a informalidade. Portanto, é ideal para marcas que queiram mostrar um lado mais humano.

Inclusive, a Nestlé anunciou uma vaga de gerência de marketing através do Tiktok. O candidato mais criativo levaria a vaga.

Agora que você conhece as redes sociais que mais estão na mira dos usuários, vamos falar um pouco de como conduzir uma estratégia de marketing assertiva para essas redes.

Como Fazer Marketing nas Redes Sociais?

As redes sociais possuem uma das formas mais abrangente de se fazer marketing digital.

É onde se concentram a maior parte dos usuários de forma constante, em nível diário.

Ao contrário do Marketing de Busca, por exemplo, onde você pode conseguir visitantes no site com a cobertura de demanda, no Marketing de Redes Sociais você pode gerar demanda através dos seus conteúdos.

Existem diversas táticas que você pode utilizar ao fazer marketing para redes sociais, inclusive com a maioria delas auxiliando a como fazer. Veja os conteúdos das principais plataformas e como elas auxiliam a construir conteúdos de qualidade em suas redes sociais:

 

Toda estratégia de Marketing Digital nas Redes Sociais começa com um planejamento de conteúdo. Por isso, vamos aprender a como desenvolver um.

Planejamento de Estratégia de Mídias Sociais

O que é um Planejamento de Estratégia de Mídias Sociais?

 

“A Estratégia de Mídias Sociais documenta como uma organização ou negócio vai planejar, executar e mensurar as atividades de marketing de mídias sociais.”

 

Com essa definição em mente, veja como fazer um planejamento de mídias sociais em 5 passos:

  1. Escolha as suas Redes Sociais
  2. Planeje o conteúdo que você deseja compartilhar
  3. Crie um Planejamento de Conteúdo do que vai publicar
  4. Defina suas Metas
  5. Crie um Calendário de Mídias Sociais e Plano de Divulgação

 

Como trabalhar com Redes Sociais

Segundo o Linkedin, a profissão de Gestor de Mídias Sociais é a primeira colocada entre as 15 profissões em alta no Brasil para 2020.

Portanto, esse é um mercado promissor e em expansão que pode garantir uma posição de trabalho por um longo tempo.

Se você deseja se tornar um Social Media, precisa entender não apenas como publicar fotos e fazer vídeos que engajam. Para ser um profissional de redes sociais eficiente, você precisa compreender todo o espectro que envolvem as redes sociais.

Além disso, precisa ir além das redes sociais mais conhecidas e aprender de todas elas. Afinal, o papel do Social Media é encontrar a estratégia de mídias sociais correta para trazer resultado para a empresa.

Hoje, o Profissional de Mídias Sociais é uma posição estratégica, não mais secundária.

Uma empresa pode prosperar ou quebrar dependendo da sua posição nas mídias sociais.

Provavelmente, você deve conhecer casos de empresas que deram “bola fora” nas redes sociais e foram boicotadas por seus consumidores.

Então, é preciso estudar e conhecer profundamente para se tornar um bom profissional. Algumas habilidades do profissional de Mídias Sociais são:

  • Gestão de crise;
  • Planejamento Estratégico;
  • Controle de Produção;
  • Atendimento ao cliente;
  • Entre outros.

 

Como você pode ver, são habilidades diversas e que se exigem constante estudo e aprofundamento.

Cursos de Mídias Sociais

Hoje, é muito fácil encontrar diversos cursos de mídias sociais no Google. Porém, é preciso ter cuidado ao comprar um curso que não vai te trazer as habilidades necessárias para essa posição tão estratégica.

Alguns cuidados que você deve ter são:

  • O curso é abrangente e ensina todas as redes sociais ou apenas algumas?
  • Esse curso é atualizado? Afinal, a dinâmica das redes sociais é muito alta.
  • O curso é tem foco em todas as habilidades do Social Media ou apenas foca em como ganhar dinheiro?

 

Com isso, você consegue limitar as opções de modo a garantir o bom uso do seu dinheiro.

Além disso, as próprias redes sociais oferecem cursos gratuitos com certificado para que você aprenda com quem criou.

Facebook Blueprint

O Facebook Blueprint é a certificação do próprio Facebook para aprender a planejar e fazer gestão de mídiais sociais no Facebook, Instagram e Whatsapp.

Acesse o Facebook Blueprint aqui.

Ateliê do Google

O Google oferece dezenas de cursos gratuitos para você aprender a gerenciar seu Youtube, Google Analytics e outras ferramentas do Google de maneira gratuita.

Então, acesse o Ateliê do Google agora mesmo.

Youtube Creator Academy

Se você quer saber como se tornar um verdadeiro Youtuber ou conhecer como eles pensam, o Youtube Creator Academy é lugar ideal.

Afinal, você vai aprender com o próprio Youtube e profissionais youtubers a como criar conteúdos relevantes.

Continua…

Não acaba aqui! Esse conteúdo vai ser constantemente atualizado com novidades sobre Redes Sociais e como você pode criar estratégias de marketing digital efetivas com elas.

Por enquanto, assine nossa newsletter para ser notificado quando atualizarmos esse conteúdo.


 

Alguns artigos sobre Mídias Socias e Redes Sociais que você pode gostar:

Receba conteúdos, lançamentos e exclusividades da Marfin!

Ou compartilhe com um colega, familiar ou amigo agora mesmo: 

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Entrar

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.

Registre-se

Criar uma conta é simples. Primeiro: qual dessas opções define melhor seu perfil?

Se você já possui uma conta clique aqui para fazer login de empresa e agência; ou se você é um profissional digital clique aqui.