SEO On-Page: Checklist com as 8 Melhores Práticas

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Para conseguir ranquear o seu site no Google, você precisa de uma boa classificação de SEO. Listamos aqui as melhores práticas de SEO On-page, que é onde você começar.

Originalmente esse era um documento de orientação apenas para os clientes da Marfin LAB, mas eu percebi “Ei, quem não ama um bom checklist? Eu deveria compartilhar isso com o mundo!”

Então, aqui estamos.

Abaixo estão oito dicas sobre melhores práticas de SEO on-page. Vamos começar…

1. Tags de título

Supondo que você já tenha feito sua pesquisa de palavras-chave, este é um dos fatores de SEO mais importantes da página. Se você não, aqui está um guia passo a passo sobre como pesquisar palavras-chave.

A tag de título diz aos motores de busca o que a página é sobre e o que a página em seu site é relevante para essa palavra-chave ou frase-chave.

Então, as tags de título devem ser únicas para cada página. Nos resultados de pesquisa, os mecanismos de pesquisa irão destacar suas palavras-chave se um usuário pesquisou esses termos. Isso aumenta a visibilidade e a taxa de cliques.

Digamos que você está tentando classificar para “Inbound Marketing em Curitiba”, sua marca de título pode parecer assim:

Agência de Inbound Marketing em Curitiba | Marfin LAB

Melhores práticas de SEO on-page:

  • Sua tag de título deve ser escrita assim: Palavra chave primária – Palavra chave secundária | Marca
  • Use um traço entre suas palavras-chave e uma linha vertical no final antes da sua marca
  • Evite tags de título duplicadas
  • Mantenha as tags de título com 55 caracteres ou menos de comprimento, incluindo espaços. Lembre sempre que no celular esse campo é reduzido para cerca de 35 caracteres.

Exemplo de uma tag de título em um navegador da List Consórcios:

tag de titulo seo on-page

Exemplo de uma etiqueta de título nos resultados do mecanismo de pesquisa:

seo on-page resultado

2. Meta descrições

As meta descrições, embora não tão importantes no ranking dos mecanismos de pesquisa, são extremamente importantes para que os usuários cliquem na página de resultados do mecanismo de pesquisa (SERP) em seu site.

As meta descrições devem usar palavras-chave com sabedoria, mas, mais importante, devem incluir uma descrição atraente sobre a qual um usuário deseja clicar.

Tal como as tags de título, os SERPs destacarão as palavras-chave que o usuário pesquisou, aumentando a probabilidade de o usuário clicar em seu site.

Melhores práticas:

  • Escreva descrições meta atraentes
  • 150 a 160 caracteres é o comprimento recomendado
  • Evite meta descrições duplicadas
  • Não use aspas ou quaisquer caracteres não-alfa (O Google os corta da meta descrição)

Exemplo de meta-descrições nos resultados do mecanismo de pesquisa (veja a palavra “consórcio” destacada em negrito abaixo do título):

seo on-page resultado

3. Conteúdo com palavras-chave direcionadas (cauda-longa)

Seu conteúdo é o arroz com feijão do seu site. Com todas as atualizações do Google Panda, é extremamente importante que seu conteúdo seja único e relevante.

Se você tiver várias páginas com o mesmo conteúdo (ou se você tiver seu conteúdo nos sites de outras pessoas), você corre o risco de ser penalizado pelo Google e seus rankings de pesquisa sofrerão um queda drástica.

Queremos deixar o Google feliz, então mantenha seu conteúdo único e exclusivo.

Melhores práticas:

  • Crie conteúdo que seja extremamente relevante para essa palavra-chave
  • Use sua palavra-chave em pelo menos 1% do total do texto dentro do seu conteúdo (mas não abuse dela, o máximo recomendável é 2,5%)
  • Inclua links de outras páginas do seu site que apontem para esta página (conhecido como ligação interna)
  • Crie conteúdo exclusivo para cada meio (comunicados de imprensa, blogs, postagens de blog convidado, etc.). Se você enviar um comunicado de imprensa, não copie e cole esse release de imprensa em seu site. Se for visto em várias publicações, os motores de busca verão que você tem conteúdo duplicado e vai penalizá-lo por isso.

4. Tags de cabeçalho e palavras-chave

Uma tag de cabeçalho, também conhecida como uma tag H1, é muito parecida com a linha de assunto da sua página da Web.

Você só deve usar sua palavra-chave uma vez na tag H1. Isso deve ser incluído em uma página para a qual você está tentando gerar tráfego exclusivo. Você também pode usar tags H2 (segundo cabeçalho) se houver várias seções.

Melhores práticas:

  • Use sua palavra-chave uma vez na sua tag H1
  • Use tags H1 nas páginas às quais você está tentando gerar tráfego exclusivo (página de SEO)
  • Use tags H2 se houver várias seções

Exemplo de uma etiqueta H1 otimizada para “jardim vertical”:

seo on-page microvita

5. Ligação de página interna com texto âncora

Ligação interna refere-se a um link em uma página que aponta para outra página no mesmo site.

A ligação interna é importante nas práticas de SEO on-page porque ajuda a fortalecer essas palavras-chave internamente para essas páginas, permite que os usuários (e os robôs dos mecanismos de pesquisa) naveguem pelo site, e informa aos motores de busca que a página é relevante para essa palavra-chave.

Toda vez que você vê um link para um outro artigo em nosso blog, é uma ligação interna.

Melhores práticas:

  • Ao vincular a outra página no mesmo site a partir do conteúdo, selecione um bom texto de âncora (palavras-chave) para usar no link real e faça isso com freqüência. Por exemplo: “Oferecemos uma ampla gama de serviços de web design“, em vez de “Clique aqui para nossos serviços“.
  • No exemplo acima, você iria ligar “serviços de design web” para sua página de serviços de design web em vez de vincular “clique aqui”.

Exemplo de como usar texto de âncora em seus links internos:

O texto descrito como “mini jardim” liga a nossa página de mini jardim, links de terrário para nossa página de terrário, etc. Veja a foto!

seo on-page terrarios

6. Tags e nomes de arquivos ALT de imagem (alt-text)

Uma tag alt é essencialmente o nome de uma imagem. Todas as imagens devem usar as tags alt adequadas nas práticas de SEO on-page. Não só as tags alt são boas para os motores de busca; Eles também são bons para a acessibilidade. Se alguém estiver usando um leitor de tela, eles poderão ouvir o que é essa imagem.

Você deve tentar incluir sua palavra-chave no nome da sua imagem, se possível, mas não exagere. Os nomes de imagens também devem ser amigáveis ​​para SEO. Então, a pesquisa de imagens é muito mais amplamente utilizada do que se acreditava, de modo que o tráfego a partir daí também é valioso.

Imagine um cego ouvindo um conteúdo. Assim, ao passar pela imagem, o robô vai ler a tag alt para explicar o que é a imagem. Portanto, seja específico.

Melhores práticas:

  • Nomeie todas as suas imagens de uma forma que descreva o que elas são
  • Use traços entre as palavras, em vez de sublinhados (chapéu-roxo.jpg em vez de chapéu_roxo.jpg)
  • Não use caracteres não-alfa na sua imagem ou nomes de arquivo (portanto, não use %, &, $, etc …)

7. Torne o conteúdo fácil de ler

Este não é um fator enorme nos rankings do mecanismo de pesquisa, mas ajudará seus usuários a escanear facilmente seu conteúdo e encontrar as palavras-chave que estão procurando.

Você deve usar negrito e bullet points com listas para separar as palavras no texto nas práticas de SEO on-page. E isso indica aos motores o que é importante na página. Portanto, não faça o texto todo cheio disso ou você acabará por desordenar a sua página e agravar a experiência do usuário.

Melhores práticas:

  • Os parágrafos devem ter aproximadamente três frases longas. Assim, frases extremamente longas perderão a atenção dos usuários
  • Use listas e negrito para quebrar grandes blocos de conteúdo. Os usuários tendem a verificar conteúdos que procuram nas palavras-chave
  • Não abuse de listas e negrito

Exemplo de conteúdo fácil de ler:

Exemplo de SEO on-page com listas
Lista com H2

8. Meta keywords nas práticas de SEO on-page

Meta palavras-chave ou meta keywords costumavam ser populares um dia. No entanto, hoje em dia o Google (ou qualquer outro mecanismo de pesquisa para esse assunto) não detém muito peso para meta palavras-chave, então vá em frente e pule isso.

Download de Modelo de Planilha de Ideias de Conteúdo

Baixe gratuitamente nosso Modelo de Planilha para Ideias de Conteúdo para otimizar o SEO do seu Blog. Organize suas ideias:

Planilha de Ideias de Conteudo

Se perdi alguma coisa, ou se você tiver algo para adicionar, eu adoraria ler seus comentários abaixo!


Alguns artigos que você também pode gostar:

Receba conteúdos, lançamentos e exclusividades da Marfin!

Ou compartilhe com um colega, familiar ou amigo agora mesmo: 

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Entre

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.