10 Dicas Cruciais de SEO para Ecommerce

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Como você pode vender qualquer coisa se os clientes não puderem te encontrar? SEO, que é a abreviação de Search Engine Optimization, é muito importante para sua loja online. Resumindo, SEO para ecommerce é o processo de melhorar a visibilidade da loja online nos motores de busca.

Por que isso é importante? Porque quanto mais alto você se classificar nos mecanismos de pesquisa, mais tráfego e possíveis clientes serão direcionados para sua loja.

Não existe uma estratégia única para todos os tipos de SEO, e os proprietários de lojas online precisam avaliar cuidadosamente seu site para desenvolver uma estratégia de SEO personalizada e um plano de ação para melhorar a presença e o tráfego do mecanismo de pesquisa na loja online.

Entre para nossa Comunidade de Growth Hackers

Assine GRÁTIS nossa lista e receba dicas de growth hacking do Uber, Facebook, Dropbox e outras startups que alavancaram a aquisição de clientes em +100x:

growth hacking vip

Aqui estão 10 dicas cruciais de SEO para ecommerce:

1. Não confie apenas no tráfego pago (mas também não se esqueça)

Muitos sites de ecommerce recaiam em uma estratégia de pagamento por clique (PPC) para criar visibilidade para sua loja. Mas a verdade é que os custos de anúncios continuam subindo. E, quando você para de pagar pela colocação, sua presença online desaparece.

Além disso, alguns clientes têm uma desconfiança inerente aos links patrocinados, banners e outros anúncios on-line. As lojas de comércio eletrônico não podem confiar apenas em uma estratégia de PPC e precisam também implementar práticas de SEO orgânico para ajudar com sua visibilidade online.

Dito isso, pesquisas recentes do Google mostram que, quando alguns sites pararam de usar o Google AdWords, 89% dos cliques pagos não mudaram para cliques orgânicos de SEO.

Portanto, certifique-se de usar o pagamento por clique, além de SEO.

2. Evite Conteúdo Duplicado

O conteúdo duplicado é o inimigo dos mecanismos de pesquisa.

No entanto, como muitas lojas de ecommerce têm uma grande quantidade de conteúdo duplicado como resultado das descrições e listas de produtos, os sites de ecommerce tendem a ser penalizados pelos mecanismos de pesquisa.

Portanto, os proprietários de lojas online precisam avaliar seu site e procurar maneiras de reduzir a quantidade de conteúdo redundante e duplicado que está presente em seu site.

O uso cuidadoso da tag rel = “canonical” também ajuda a evitar esses problemas.

3. Tenha uma estratégia de conteúdo

A adição consistente de conteúdo exclusivo e de alta qualidade regularmente ao seu site de ecommerce não só adicionará valor adicional aos usuários, mas também ajudará na classificação do seu mecanismo de pesquisa.

Portanto, considere usar o seu e adicionar conteúdo relacionado aos produtos e serviços que você vende.

4. Não use as descrições do produto do fabricante

Construir seu banco de dados de produtos pode ser um processo demorado. E, na tentativa de economizar tempo, muitos proprietários de lojas online simplesmente copiam e colam as descrições de produtos do fabricante em seus sites.

Este é um SEO para ecommerce que você não deve fazer!

Sempre reescreva cada descrição do produto para garantir que ele seja exclusivo e que seja amigável para o mecanismo de pesquisa. Lembre-se de usar várias palavras que as pessoas provavelmente vão procurar.

5. Otimize as Imagens do Produto

A pesquisa de imagens tornou-se uma função muito popular que os usuários da Internet estão usando cada vez mais para encontrar produtos online.

Portanto, o seu SEO para ecommerce precisa ter palavras-chave relacionadas às tags ALT de cada imagem em seu site. Neste blog do Marketingdeconteúdo.com você pode aprender a como colocar o Alt-text.

Para um efeito ideal, certifique-se de que todas as palavras-chave usadas para uma imagem sejam diretamente relevantes.

6. Tenha Meta-descrições exclusivas para cada página

Quando se trata de otimização local, muitas lojas de ecommerce acham que basta usar as mesmas metadescrições para cada página. No entanto, este é outro faux-pas de SEO para ecommerce!

A meta descrição deve ser escrita para humanos com o objetivo de ajudar sua loja a ser clicada.

7. Inclua Revisões do Produto

O conteúdo exclusivo é extremamente importante quando se trata de SEO para ecommerce. E ter um campo para os usuários adicionarem suas resenhas de produtos é uma ótima maneira passiva de gerar conteúdo exclusivo para sua loja de comércio eletrônico.

8. Use links para seus produtos na home page

Um erro comum cometido por muitos sites de comércio eletrônico é enterrar suas páginas de produtos dentro de sua estrutura de links.

Isso tornará mais difícil para os usuários encontrar produtos. E também afetará a pontuação do PageRank das páginas do produto, tornando menos provável que essas páginas apareçam em alta nas pesquisas.

Ter o conteúdo do produto apenas a um clique de distância da sua página inicial os tornará mais fáceis tanto para os mecanismos de pesquisa quanto para os clientes.

9. Otimize o texto âncora

Adicionar palavras-chave aos links internos em seu site ajudará a melhorar a visibilidade de suas lojas nos mecanismos de pesquisa. Então, em vez de usar o típico link “clique aqui”, o link do texto que inclui as palavras-chave para as quais a página que você está vinculando está tentando ser classificada.

Por exemplo, em vez de escrever “clique aqui para visitar a Marfin LAB, a melhor agência de marketing digital”, escreva “visite a Marfin LAB, a melhor agência de marketing digital“.

Além disso, considere a adição de links ricos de palavras-chave nas descrições de produtos para vincular a outros produtos semelhantes em seu website.

10. Organize sua loja online para SEO

A maneira como você estrutura sua loja afetará sua visibilidade.

Portanto, considere estruturar seu ecommerce para incluir um número de páginas de destino. Essas páginas podem ser específicas de uma marca ou tipo de produto.

Isso oferece a oportunidade de otimizar várias páginas e grupos de palavras-chave. O que aumentará a visibilidade de seu site nas pesquisas.

Bônus

Se você oferecer códigos de cupom para seus clientes, considere promovê-los em sites de cupom e fóruns de cupom.

Isso também deve ajudar a criar backlinks gratuitos para sua loja e também pode ajudá-lo a obter vendas.

Além disso, reserve um tempo para criar um perfil da empresa em sites de avaliação como Amazon, FourSquare, Yelp e Google Shopping.

Então, isso ajudará a criar facilmente links de entrada para o seu site e ajudará a criar legitimidade quando as pessoas pesquisarem “avaliação da loja fulano de tal”.

Tem alguma sugestão de SEO que funcionou bem para você? Compartilhe-os com outro leitor deixando um comentário abaixo.

Entre para nossa Comunidade de Growth Hackers

Assine GRÁTIS nossa lista e receba dicas de growth hacking do Uber, Facebook, Dropbox e outras startups que alavancaram a aquisição de clientes em +100x:

growth hacking vip


Alguns conteúdos que você também pode gostar:

Receba conteúdos, lançamentos e exclusividades da Marfin!

Ou compartilhe com um colega, familiar ou amigo agora mesmo: 

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Entre

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.