7 Maneiras Simples de Melhorar a Taxa de Abertura de Email

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Você sabe qual é sua taxa de abertura de email?

Pense nisso: você se dedicou no email que está enviando. Não seria legal se as pessoas realmente abrissem e lessem?

De acordo com o Campaign Monitor, uma taxa de 20% a 40% para emails é típica, dependendo de quem é seu público. Taxas de abertura maiores estão associadas a conteúdo religioso ou esportivo (seguidores dedicados). Enquanto o e-commerce e o marketing tendem a pairar em torno de 20%.

Se os seus e-mails são menores do que a média de 20% de taxa de abertura de email, o que você pode fazer para recuperar isso e ter mais gente lendo seu conteúdo de e-mail?

Download de Planilha de Ideias de Conteúdo

Não sabe como organizar suas ideias de campanhas de email marketing? Sua taxa de abertura de email depende disso.

Baixe nosso modelo gratuito para ajudar na organização da sua empresa:

Planilha de Ideias de Conteudo

1. Trate o assunto do e-mail como manchete

Os assuntos dos seus e-mails devem ser como grandes manchetes.

Assim como um post de blog, sua linha de assunto de e-mail tem a maior responsabilidade de fazer com que a taxa de abertura de email esteja onde deveria estar. Logo, boas linhas de assunto têm algumas características:

1. Nenhuma pegadinha

Sua linha de assunto deve informar ao seu leitor o que ele vai ler e não usar pegadinhas para induzi-lo a abrir um e-mail. Sabe aquele email que fala do menino que gritou lobo? Esse tipo de assunto de e-mail só vai funcionar uma vez, se ele não for cancelado.

2. Não gritar

Não é preciso dizer que usar todas as letras maiúsculas na sua linha de assunto é uma má ideia.

No entanto, tanto a inicial maiúscula como apenas o da sentença podem funcionar como mágica. A inicial funciona quando você está usando uma linha de assunto mais curta que tem qualidade de manchete (por exemplo, “As 5 Dicas De E-mail Mais Importantes De Todos Os Tempos”).

Por fim, o de sentença funciona quando você tem uma linha de assunto mais longa ou mais conversacional (por exemplo, “Você cometeu esses três erros no blog?”)

3. Os números funcionam

Usar números em seu título aumenta o engajamento do leitor. O mesmo pode ser dito para as linhas de assunto do seu email. Portanto, não evite um assunto que contenha um número.

4. Algumas palavras não funcionam

Existem palavras que você deve evitar usar, mesmo que você não as use de maneira fraudulenta. Os filtros de spam já estão trabalhando demais para proteger as caixas de entrada. Sendo assim, você não quer dar a eles algo para atrapalhar seus e-mails.

Há também palavras que os filtros de spam deixam em paz, mas também os seus leitores. Para estes, o MailChimp identifica seus três piores transgressores como Ajuda, Porcentagem OFF e Lembrete.

Spammers infelizmente dessensibilizaram muitos leitores; Certifique-se de que você não se parece nada com spam.

5. Use o comprimento ideal

A regra geral é que sua linha de assunto deve ter cerca de 50 caracteres para desktop e 35 para mobile. Isso não quer dizer que 40 não vão funcionar, ou que 65 é uma má ideia.

A chave é que você deve estar ciente de que alguns programas de e-mail podem cortar caracteres e se você tiver a palavra mais importante no final de um assunto longo, poderá perdê-los.

Mantenha palavras importantes no começo, se você tiver uma linha de assunto maior.

6. História sempre ganha

Sempre que possível, aborde sua linha de assunto como uma história.

Em outras palavras, desperte a curiosidade de seu leitor em seu e-mail e envolva suas emoções (medo, humor, curiosidade, raiva, alegria, ganho, lógica); qualquer coisa que sugira que há mais a ser lido, faz com que os leitores abram seu e-mail.

“Nosso blog mais recente” é muito menos interessante do que “Você já perdeu a maior notícia?” Às vezes, é necessário um assunto do tipo declaração. Mas tente enviar emoções no assunto quando possível.

2. Teste A/B no Assunto dos e-mails

Testamos regularmente a linha de assunto de nossa atualização semanal de blog. Fazemos isso para descobrir qual linha de assunto terá o maior número de aberturas e o melhor desempenho para um número limitado de usuários aleatórios antes de enviá-los para toda a nossa lista.

No exemplo abaixo, usando o teste A/B, nosso grupo de amostras nos ajudou a selecionar o título mais bem-sucedido dos dois que criamos e aumentou nossa taxa de abertura de email em cerca de 70%.

email marketing

A versão A trazia a linha de assunto “Você é um hacker de conteúdo?”, que forçou o leitor a se fazer uma pergunta que eles provavelmente não sabiam a resposta, uma vez que é um novo termo para a maioria. Eles clicaram para descobrir.

É semelhante aos questionários que recebemos em revistas ou online; estamos curiosos para descobrir quem e o que somos.

A versão B traz a linha de assunto “Como Ganhar Dinheiro com Blogs”, que é um tópico útil com um público muito específico daqueles que realmente queriam fazer o seu próprio blog.

Faça testes A/B do seu assunto de e-mail e permita que seus leitores digam o que funciona melhor. Click To Tweet

Fui eu quem criou o e-mail e achei que a versão B seria a opção mais popular. Afinal de contas, parece haver uma avalanche de pessoas preocupadas em ganhar a vida e nossa lista provavelmente foi preenchida com pessoas que queriam fazer isso escrevendo e blogando.

Mas eu estava enganado…

Nossa lista tem um público amplo, com muitos deles atuando em marketing profissional de conteúdo e capacidades de marketing de mídia social. Eles estavam menos interessados ​​em ganhar dinheiro com blogs do que descobrir o que um hacker de conteúdo poderia ser.

O e-mail com “Você é um hacker de conteúdo” foi o vencedor do nosso teste A/B, e foi enviado para toda a nossa lista com sucesso.

Teste A/B baseia-se na idéia muito simples de ter duas ideias e permitir que seu público lhe diga de qual delas gosta. A maioria dos provedores de email, como o MailChimp, RDStation e o AWeber, oferecem testes A/B que simplificam o teste de suas linhas de assunto.

3. Considere a primeira linha de subtítulo para melhorar a taxa de abertura de email

É fácil esquecer que alguns programas de email mostram as primeiras palavras da primeira frase na caixa de entrada. Meu webmail não mostra a primeira frase e eu esqueço que outros softwares de e-mail, como o Gmail e o Outlook, fazem isso.

Por que isso importa?

Porque alguns dos seus leitores vão usar tanto a linha de assunto quanto a primeira linha para dar uma indicação sobre se vale a pena abrir ou não.

taxa de abertura de email marketing

No exemplo acima, você pode ver que nossos e-mails de Atualização de Marketing e de produtos recente, nessa visão, tinha uma linha de assunto e a primeira sentença ajudou a vendê-la.

Quantos blogueiros usam software de e-mail que colocam um aviso no topo que diz que o leitor pode “clicar aqui” se o e-mail não aparecer corretamente? As primeiras palavras do seu email devem ajudar a vender o email, não cuidar da manutenção.

Isso não é muito atraente. Talvez não atrapalhe, se sua manchete é inacreditavelmente excelente, mas certamente não ajuda.

Pense na linha de abertura do seu email como o próximo nível de título. Faça o que puder com seu modelo para que as primeiras palavras sejam valiosas. Altere seu modelo de e-mail para refletir algo que alimenta a curiosidade iniciada pela linha de assunto.

4. Faça o e-mail ser pessoal

A parte “de” do seu email é uma forma de humanizar o seu email. Quando enviamos nosso e-mail semanal, nós o enviamos de Ivan, não da Marfin apenas. Por quê?

Nossos e-mails são de pessoas, sobre pessoas, para pessoas. Eles não são de marcas, aplicativos ou objetos vagos com uma possível agenda nefasta contra seres humanos. As pessoas se conectam com as pessoas, não com objetos inanimados.

No entanto, existem marcas que preferem usar um e-mail de “marca genérica” ​​como remetente e têm motivos legítimos. Eles têm equipes maiores e podem enviar vários tipos de e-mails para você que não seriam da mesma pessoa.

Ou, talvez, eles não queiram o e-mail de um único membro da equipe “em campo” como alvo de spammers ou clientes que começam a usar o e-mail como um local para enviar solicitações de suporte.

O que quer que você preencha na linha “De”, certifique-se de mantê-lo o mesmo o máximo possível. Isso treina o seu leitor e filtros de spam para esperar o email do mesmo remetente.

5. Use a autenticação de email

E-mail é fácil de falsificar. Ou seja, é fácil para alguém enviar um e-mail afirmando ser você quando não é. É assim que acontece o phishing e o scamming.

Para evitar que esses e-mails causem estragos, os provedores de e-mail, como Gmail e Yahoo! têm um sistema para verificar se o remetente é quem eles dizem ser. ISPs individuais também têm métodos que eles usam para proteger seus usuários contra emails fraudulentos.

Ao usar a autenticação por e-mail, você aumenta as chances de acessar e cair na caixa de entrada do seu leitor. A autenticação é uma forma de provar que você é quem diz ser, que é um remetente legítimo.

Os emails que falharem nas verificações de autenticação podem não chegar a uma caixa de entrada. E, em vez disso, são capturados em um filtro de spam.

Em outras palavras, se você puder provar que seu e-mail é autêntico, você aumenta suas chances de acessar a caixa de entrada.

Verifique com seu provedor de newsletter por e-mail e veja se a autenticação por e-mail está disponível.

6. Limpe sua lista de e-mail

Estamos falando sobre como melhorar sua taxa de abertura de email. E isso significa que estamos baseando essa porcentagem em quantos e-mails são abertos de quantos são enviados.

Sua lista de e-mails provavelmente tem peso morto. Ou seja, você tem endereços de e-mail que não são mais válidos, são falsos (o infame teste@teste.com), tem erros de digitação, estão sendo enviados para listas inteiras (se todos queriam seu e-mail ou não), etc.

A maioria dos clientes de e-mail tem a capacidade de ajudá-lo a limpar sua lista. Especialmente se você estiver recebendo reclamações de spam de usuários que não querem seu e-mail e não clicaram na opção de cancelamento (que deve ser muito fácil de encontrar e nunca oculta ou complicado de usar).

Isso inclusive passa a ser obrigatório com a expansão do GDPR.

Limpar uma lista com endereços de e-mail problemáticos significa que você tem uma lista de e-mails ativos e receptivos. Sua taxa de abertura de email irá melhorar dramaticamente quando o peso morto acabar.

7. Alterar “quando” você vai enviar o email pode melhorar sua taxa de abertura de email

A questão mágica é esta: quando é o melhor dia e hora do dia para enviar meu e-mail?

melhores horários para envio - MailchimoO MailChimp fez um excelente trabalho ao coletar informações de milhões de e-mails que foram enviados usando seu sistema, compilando dados e chegando a uma conclusão básica: varia de acordo com o setor e para cada lista.

Geralmente, de acordo com o MailChimp, os e-mails são abertos mais entre 11h e meio-dia. Os e-mails recebem mais aberturas durante a semana de trabalho, especificamente às terças e quintas-feiras.

Esta é outra chance de fazer um pouco de teste do seu e-mail. Rastreando quando você envia e qual a sua taxa de abertura de email ao longo de vários meses. Você pode descobrir por si só quando seus e-mails possuem as melhores taxas de abertura.

Conclusão

E-mail marketing é um animal estranho em alguns aspectos. Para que as pessoas abram e leiam seu e-mail e aumentar sua taxa de abertura de email, você precisa usar técnicas de marketing e ainda assim permanecer humano. Assim, você está competindo com uma caixa de entrada muito movimentada, repleta de e-mails de trabalho, pessoais e de marketing. Portanto, garanta que seu e-mail se destaca.

E não esqueça de baixar sua Planilha de Ideias de Conteúdo GRÁTIS:

Planilha de Ideias de Conteudo


Alguns artigos que você também pode gostar:

Receba conteúdos, lançamentos e exclusividades da Marfin!

Ou compartilhe com um colega, familiar ou amigo agora mesmo: 

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Entre

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.

Faça seu cadastro gratuito

Qual dessas opções define melhor seu perfil?