Videomarketing: descubra tudo sobre o assunto e seus benefícios!

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

O marketing digital mudou a forma como as marcas se relacionam com seus clientes. Hoje, você pode criar campanhas com mensagens personalizadas para cada segmento do seu público. Os consumidores, que estão cada vez mais exigentes, querem ter experiências mais surpreendentes e atraentes o tempo todo. Nesse sentido, o videomarketing pode ser uma excelente solução para isso.

Por ser um tipo de conteúdo aceito com facilidade, os vídeos podem transmitir as informações de sua empresa de forma clara, independentemente do perfil do espectador.

Seu impacto na jornada do cliente é tão grande que pode ajudar a reduzir o CAC (Custo de Aquisição de Clientes) — 84% dos consumidores foram convencidos a finalizar uma compra depois de ver um vídeo sobre determinado produto ou serviço.

Quer aprender mais sobre o assunto? Confira tudo que você precisa para saber para dominar essa estratégia e ficar por dentro de uma das principais tendências de conteúdo!

O que é o videomarketing?

Você pode chamar de videomarketing qualquer estratégia que faça o uso de vídeos para conseguir a atração e retenção de clientes. Elas incluem:

  • campanhas publicitárias;
  • vídeos institucionais;
  • vídeos educacionais;
  • etc;

 

Conforme formos avançando neste artigo, você aprenderá que pode usar os vídeos em vários canais e formatos. Sendo assim, terá total flexibilidade para escolher como irá utilizá-los para promover seu negócio.

Confira os maiores benefícios de usar videomarketing

O videomarketing não é tão eficiente à toa. É claro que as pessoas sempre preferiram o conteúdo interativo; mas, com o desenvolvimento da tecnologia disponível e as mudanças no comportamento do consumidor, utilizar vídeos nunca foi tão vantajoso.

Então, veja aqui alguns dos principais benefícios do uso de vídeo em estratégias de marketing:

1. Melhora do tráfego orgânico

O tráfego orgânico, que é o número de cliques que seu site recebe (não os cliques que ocorrem por meio de campanhas pagas no Google), é fundamental para o sucesso do marketing digital.

De acordo com um estudo feito pela Wyzowl em 2017, 76% dos negócios que utilizaram vídeomarketing em suas estratégias concluíram que seu tráfego orgânico aumentou.

Se você não conseguir atrair muitos acessos, dificilmente gerará muitos clientes em potencial e as vendas diminuirão. Portanto, o vídeo aumenta a chance de atrair visitantes.

2. Excelente retorno sobre investimento

Aquilo que indica se um investimento em marketing tem um ROI positivo é sua habilidade de trazer resultados concretos para a empresa —leads e vendas, por exemplo. Então, como funciona o videomarketing nesse sentido?

Segundo pesquisas realizadas pelo Aberdeen Group, as empresas que fizeram uso de vídeos como parte de sua estratégia de marketing conseguiram mais 66% leads qualificados em um ano e um aumento de 54% no conhecimento de marca.

3. Facilidade de consumo e potencial de viralização

Se comparados aos conteúdos escritos, os vídeos são materiais de fácil consumo, pois as pessoas não precisam se esforçar tanto para aproveitá-los.

E como são altamente persuasivos e atraentes, é possível explicar assuntos complexos de uma forma simples e bem elaborada.

Além disso, os videos podem trazer um poder de viralização para sua marca bem maior do que os materiais escritos. Segundo a Simply Measured, vídeos em redes sociais geram 1200% mais compartilhamentos do que as publicações com imagens e textos combinados.

Isso significa que, se você quiser gerar um conteúdo viral para seu negócio, as chances de conseguir com vídeos são bem maiores.

Conheça os principais tipos de videomarketing

Talvez sua dúvida não seja sobre a importância do vídeo para o marketing da sua empresa, mas sobre qual é o melhor tipo de conteúdo que deve produzir neste formato. Em outras palavras, você não precisa se limitar a um tipo de vídeo.

Na verdade, existem tantas opções disponíveis que seria um desperdício não aproveitar o máximo delas.

Veja abaixo as principais formas de usar o vídeo em sua estratégia e escolha aquela que funciona melhor para você:

Cursos

A criação de um curso online é um dos modos mais complicados de fazer videomarketing, mas também um dos mais completos e profissionais.

Se o seu objetivo é oferecer materiais realmente aprofundados e de alta qualidade, considere a possibilidade de investir nesse tipo de conteúdo.

Tutoriais

Tutoriais que podem ser feitos em vídeo-aulas, screencasts, webinars ou outros formatos também são muito bem aceitos pelo público.

Da mesma forma que os tutoriais costumam falar sobre assuntos técnicos — e esses temas podem ser difíceis de entender — as pessoas tendem a procurar vídeos que expliquem o assunto de forma clara, em vez de simplesmente ler sobre.

Dicas rápidas

A maior vantagem de usar esse tipo de vídeo é que você pode criar muito conteúdo de qualidade com rapidez. Além disso, o consumo fácil e rápido promove a interação e convida os seguidores a encontrar informações mais completas, seja em vídeo ou em outros formatos.

Algumas outras possibilidades são:

  • Cobertura de eventos
  • Vídeo para vendas
  • Vídeos institucionais para apresentação da empresa
  • Vídeo de demonstração de produto

Descubra as métricas essenciais para sua estratégia de videomarketing

Como todo conteúdo de marketing digital, se você não sabe onde está, não pode saber para onde está indo.

Em outras palavras, os medidores de desempenho são essenciais para medir o progresso e fazer ajustes.

Então, veja abaixo as principais métricas que indicam se a sua estratégia de vídeo marketing está sendo feita da forma correta:

Taxa de Retenção no Vídeo

A taxa de retenção se refere à quantas vezes ou o quanto do seu vídeo a maioria das pessoas assiste. Ou seja, quantos espectadores acham que seu conteúdo é interessante e relevante para dedicar seu tempo para assisti-lo. Contudo, a verdade é que nem todo mundo assiste ao vídeo até o final e, quanto maior ele for, menor será a taxa de retenção. Portanto, ao fazer esta análise, lembre-se de considerar a duração do vídeo.

SEO de vídeo

É importante entender os fatores que fazem com que seu vídeo seja classificado em primeiro lugar entre os usuários de pesquisa do Google ou Youtube.

Do total de pessoas que assistiram ao vídeo, quantos clicaram no CTA (Call To Action, ou Chamada Para Ação) que você escolheu para o conteúdo?

Como o CTA convida o público para realizar ações importantes para o sucesso de sua estratégia, a taxa de cliques mostra o poder persuasivo de seu material.

Engajamento

Você sabe qual é o nível de participação do público nos materiais que você produz?

Isso pode ser medido por meio do número de comentários ou compartilhamentos, seja por e-mail, redes sociais ou aplicativos de mensagens.

Quanto mais popular for o seu conteúdo, melhor.

Então, se você tem pouca ou nenhuma interação, talvez seu público ficou insatisfeito com algum conteúdo.

Taxa de Abandono

Além de observar quantas pessoas assistem ao vídeo pela taxa de retenção, o mais importante é verificar o momento exato em que a maioria parou de assistir ao vídeo na taxa de abandono.

Por isso, identificar esses padrões é essencial para fazer as alterações necessárias e manter o interesse do público, como diminuir o tempo do vídeo ou mudar a mensagem passada.

Conversões da estratégia de videomarketing

A taxa de conversão é mais importante do que qualquer outra métrica.

Por exemplo: suponha que a maioria dos espectadores abandone o vídeo na metade. Inicialmente, isso não parece bom.

Por outro lado, se você descobrir que eles abandonaram o vídeo para visitar a landing page e comprar seu produto, a situação muda, não é? Conversão é a diferença entre atingir uma meta definida ou ficar para trás.

Como você percebeu, investir em videomarketing não é tão difícil quanto parece. Com os avanços tecnológicos, nunca foi tão fácil divulgar conteúdo de qualidade sobre determinados assuntos.

Tudo o que você precisa fazer é planejar bem sua estratégia, seguir o que aprendeu por aqui e escolher os canais adequados para divulgação — Youtube ou redes sociais. Só não deixe seus medos o impedirem de dar o primeiro passo!

 


Alguns outros conteúdos que você também pode gostar:

Receba conteúdos, lançamentos e exclusividades da Marfin!

Ou compartilhe com um colega, familiar ou amigo agora mesmo: 

Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Entre

Qual plataforma você gostaria de acessar? 

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui para criar uma para a sua empresa ou se você é um profissional digital clique aqui.

Faça seu cadastro gratuito

Qual dessas opções define melhor seu perfil? 

Pensado

pra você

Em menos de 2 minutos você cria sua conta grátis, tem acesso às trilhas e gerencia demandas de marketing sem burocracia